O Tubarões do Cerrado nasceu de um grupo de fãs de Futebol Americano de Brasília que se conheceu por um grupo de discussão na internet sobre o esporte. Em agosto de 2004 estes amigos resolveram organizar as primeiras peladas. Posteriormente foram para os gramados da Esplanada dos Ministérios, a fim de dar maior visibilidade ao time, isso ainda no ano de 2004.

A primeira partida do time aconteceu em Junho de 2006 em Cuiabá. Depois de 20 horas de viagem a equipe com apenas 18 jogadores perdeu para um Arsenal completo, com mais de 40 jogadores, pelo placar de 30 a 8. Nascia ali uma das maiores rivalidades do esporte no Brasil.

Desde então muitos jogadores, brasileiros e estrangeiros já passaram pelo time. Que com muito esforço e perseverança cresceu e se manteve no cenário esportivo nacional. Em Novembro de 2006 o Tubarões recebeu o Arsenal em seus domínios e deu o troco, vencendo a partida por 14 a 12, com a defesa tendo uma apresentação muito boa.

Em Abril de 2007, de forma pioneira no cenário nacional, organizou o I Torneio Capital de Futebol Americano. Venceu as três partidas e conquistou o torneio de forma invicta. Ipanema Tatuís por 12 a 9, o arquirrival Cuiabá Arsenal por 13 a 6 e os Federais por 20 a 14. A defesa foi a grande arma do time, principalmente na partida contra o Arsenal: não permitiu nenhum touchdown da equipe cuiabana e ainda pontuou após sack que provocou um fumble, recuperado e retornado para touchdown.

A partir do ano de 2009 o Tubarões do Cerrado, começou a se equipar a fim de jogar a modalidade “full-pads” do futebol americano, quando os times se enfrentam com equipamento de proteção completo. Neste mesmo ano, participou do Pantanal Bowl III, em que terminou sua participação com o terceiro lugar.

Já no ano de 2010 o Tubarões disputou a Liga Brasileira de Futebol Americano. Sendo eliminado na primeira fase. Na LBFA 2010, o Tubarões foi o time com a melhor campanha entre os não classificados.

Em 2016 o Tubarões se sagrou Campeão Brasiliense, vencendo a forte equipe do Goiânia Rednecks. Além disso, chegamos aos playoffs na principal liga nacional, a SuperLiga, sendo eliminado pela Lusa Lions em um jogo extremamente polêmico.

TUBARÕES DO CERRADO E GUARÁ ESPORTE CLUBE

Com vários problemas na diretoria do clube no ano de 2016, a equipe recebeu uma excelente proposta de fusão com o Guará Esporte Clube, clube-empresa que investe em várias modalidades esportivas do DF. A fusão veio para organizar a gestão do clube, com uma diretoria formada por membros do GEC e do TDC.

PRESIDENTE – VICTOR FIALHO
VICE-PRESIDENTE – CARLOS GRANATO
DIRETOR EXECUTIVO – SAMUEL GRANATO
DIRETOR DE ESPORTES – SÉRGIO WEILER
DIRETORIA DE MARKETING – GABRIEL NUNES
DIRETORA DE EVENTOS – PAULA CHIAROTTI
DIRETOR DE BASE – GUSTAVO ALECRIN
TESOUREIRO – CARLOS GRANATO
ASSESSOR JURÍDICO – FABRÍZIO COSTA

Quarterback (QB) – Coordenador – Diogo Murray
Bruno Cavalcante
Felipe Mitchell

Running Back (4/6) – Coordenador – Carlos Júnior
Bruno Albert
Guilherme Dias
João Cardoso
Willian Ferreira

Halfback (H) – Coordenador – Raphael Negreiros
Daniel Borges
Igor Nascimento

Wide-Receiver (WR) – Coordenador – Bruno Matos
Arthur Brian
Eduardo Augusto
Felipe Ferreira
Gabriel Prazeres
Guilherme Afonso
Luiz Pereira
Marco Rocha
Mario Oliveira
Sedrick Lima

Offensive Line (OL) – Coordenador – Norton Fernandes
Felipe Garcia
Felipe Vargas
Gabriel Grijó
Hugo Jones
Ivailton Thiago
Murilo Pina
Pedro Sangaletti
Raphael Andrade
Rodrigo Pereira

DEFESA

Defensive Line (DL) – Coordenador – Pedro Ramos
Augusto Oliveira
Daniel Silva
Felipe Marques
Gabriel Neves
Ivan Nascimento
James Springfield
Jaseel Silva
Luiz Victorino
Robson Daniel
Ricardo Antonio

Linebackers (LB) – Coordenador – Eli Raniery
Álvaro Faria
Bruno Matos
Erick Bastos
Geraldo Alves
Guilherme Schweitzer
Gustavo Aguiar
João Estevão
Maycon Fagundes
Pedro Nakamura
Rafael Ribeiro
Renato Fagundes
Ricardo Tod

Cornerback (CB) – Coordenador – Raphael Nurow
André Luiz
André Sarkis
Douglas Costa
Joshua Cunha
Lucca Michels
Luiz Gustavo
Paulo Octávio
Pedro Paulo

Safety (S) – Coordenador – Márcio Oliveira
Andre Moura
Iuri Curcio
Ivan Menezes
João Bicalho
Pedro Yoshida
Ramon Renyer
Raphael Zille
Rodrigo Roque
Vitor Ghiggi

SPECIAL TEAM

Kicker/Punter – Coordenador – Marcus Vinícius
Victor Fialho